domingo, 5 de dezembro de 2010

Visita técnica ao Museu de Antares e Ao Museu Geológica da Bahia


No dia 08 de novembro de 2010 os alunos da turma de ciências biológicas - noturno acompanhados da professora Rita Barreto, realizam uma visita técnica ao Museu Antares de Ciência e Tecnologia (Feira de Santana- BA), com o propósito de conhecer e caracterizar o acervo científico do local.

Participamos de uma palestra temática, da origem do universo, galáxias, e astro. O foco prioritário da apresentação se deu na via láctea, mais especificamente o sistema solar.




No Planetário foi apresentada uma simulação da imagem celeste, onde tivemos, mais uma aula de astromonia. Pudemos contemplar e aprender mais sobre os astros e constelações.







 

 

A exposição permanente "Espaço Natureza", fornece uma coleção osteológica de mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes.










 A exposição permanente"Meteorito de Bendegó", no hall de entrada do ObservatórioAstronômico Antares, é parte integrante do Museu Antares de Ciência e Tecnologia, que objetiva divulgar e popularizar a ciência no Estado da Bahia.








 
 Localizada na sala principal de exposições: a exposição Sauromaquetes, recebeu atenção especial, com representações didáticas dos processos de fossilização, enfocando principalmente os dinossauros






No dia 09 de novembro fomos ao Museu Geológico da Bahia onde  foi feita uma explicação geral dos materiais geológicos do local, apresentação de filmes explicativos sobre fósseis e o principal momento foi a sala dos fósseis. Onde podemos ver replicas gigantes e a cronologia bem defina da evolução da vida na Terra através de estudos com fósseis.
 



 Conhecemos o muro ornamentado por Juarez Paraíso. Este muro é decorado com rochas e seu desenho lembra a fecundação, origem da vida. 


Reconstituição da pata do pampatério 


Réplica de um mastodonte. Ao redor, fósseis de mastodonte encontrados no município de Nordestina, BA.

O acervo científico do museu (principais representantes, distribuição estratigráfica e
paleobiogeografia) é representado quanto a:


                                                        Micropaleontologia


 Estromatólitos

 
  Paleontologia de vertebrados

  
 Fósseis de Preguiça


Fóssil de um vertebrado: Peixe – Período Cretáce














Paleontologia de invertebrados

Invertebrados marinhos: Coral

Paleobotânica

 Madeira fossilizada
 Icnofósseis
  
                                                                                             Fossil molde de folha

Então pudemos observar de perto o que já vinhamos estudando há algum tempo em sala, fato de bastante relevância para o ensino aprendizagem.

domingo, 10 de outubro de 2010

Brasileiros encontram fóssil de réptil predador


Paleontólogos brasileiros encontraram um fóssil do predador Prestosuchus, do período Triássico, cerca de 238 milhões de anos, quase completo no município de Dona Francisca, no Rio Grande do Sul. A descoberta foi feita por uma equipe de pesquisadores da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).

Fóssil encontrado no Rio Grande do Sul: tecodonte é considerado um ancestral dos dinossaurosO fóssil do tecodonte Prestosuchus chiniquensis, encontrado com o crânio bem preservado e outras partes do esqueleto, tem quase sete metros de comprimento e pesa cerca de 900 quilos. De acordo com a universidade, a descoberta representa um dos achados mais importantes desse grupo de répteis, que é considerado um ancestral dos dinossauros.

A espécie carnívora dominou o planeta no Período Triássico, entre 250 e 205 milhões de anos, e foi descoberta na década de 1930. Os materiais fósseis, que continham partes de um crânio e outros ossos, foram levados para o Museu de Tübingen, na Alemanaha.

O novo achado é uma descoberta do paleontólogo Sergio Furtado, da Ulbra Canoas, e do biólogo Lúcio Roberto da Silva, da Ulbra Cacoeira do Sul e foi encontrado em uma região que corresponde a um lago primitivo, onde os herbívoros daquele período bebiam água e eram atacados por seus predadores. A preservação do fóssil comprova o tipo de local onde ele foi encontrado.

Além do esqueleto quase completo, os pesquisadores encontraram também restos fossilizados de grandes dicinodontes e pequenos cinodontes, herbívoros que seriam presas preferenciais do tecodonte.

“Esta descoberta permitirá uma melhor compreensão da anatomia do Prestosuchus e irá favorecer uma reconstrução mais precisa do esqueleto do animal. Uma vez que, este é o único fóssil deste grupo a apresentar uma pata traseira preservada, o mesmo trará novas informações sobre a locomoção desses incríveis répteis”, explica o paleontólogo em um comunicado da universidade.

domingo, 19 de setembro de 2010

domingo, 12 de setembro de 2010

Primeira atividade do Blog

  Não é novidade dizer que a Paleontologia forneceu elementos importantes para a construção da teoria da Evolução da Terra,pois ajudou e ajuda no entendimento de como foi o comportamento,a estrutura,sua relação com espécies vivas,de como aconteceu sua distribuição geográfica com o passar dos tempos.
   Muitos são os métodos que a Paleontologia se utiliza para seus estudos e também muitas são as ciências pela qual ela se interliga.Em relação aos métodos se destaca a Biometria (estatísticas aplicads á Biologia),sendo este  capaz de fornecer descrições estatísticas das formas de organismos e de expressar quantitativamente relações taxonômicas nota-se como as ciências se interligam e de como a Paleontologia fornece subsídios para que a Biologia tenha fundamentos concretos e tenha avanços no grau evolutivo
Foi encontrado o fóssil de um dinossauro que recebeu o nome de Concavenator corcovatus (que significa: caçador corcunda de Cuenca),estranho não?!, por apresentar uma corcova nas costas que tinha aproximadamente 40 centímetros e pode ser considerado a descoberta mais completa de dinossauro carnívoro já encontrado,ele media 6 metros de altura e até agora foi o único exemplar encontrado de sua espécie.Foi descoberto por Francisco Ortega que acredita que essa "protuberância" servia para o acúmulo de gordura ou regular a temperatura do corpo,já o Paleontólogo Paul Sereno diz que a corcunda não passa de uma "peça publicitária",já que ela parece com as barbatanas pontiagudas de um outro dinossauro.




Santiago Torralba/DivulgaçãoMais curiosidades:( http://topicos.estadao.com.br/fossil)
Santiago Torralba/Divulgação
fóssil do concavenator, descoberto na ESpanha
Santiago Torralba/Divulgação